Siga-nos:

Seleccionar País:


adminbr1

26 maio 2022

Nenhum comentário

Unidades de Fé e Alegria promovem ações educativas para o combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, 18 de maio, tem como objetivo mobilizar a sociedade contra essa violência. O tema faz parte da atuação de Fundação Fé e Alegria em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Entre os projetos preventivos estão o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, e oferece medidas protetivas para vítimas de negligência, como nos programas de Acolhimento Institucional e Família Acolhedora.

 

Confira as ações educativas relacionadas à campanha realizadas pelas unidades da Fundação em diversos estados:

 

Centro Social São Francisco Xavier – Boa Vista (RR)

No dia 18 de maio, a unidade promoveu palestras sobre prevenção ao abuso sexual infantil e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para pais de atendidos. Além disso, foram realizadas apresentações lúdicas e peças teatrais sobre o mesmo tema, em parceria com o Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH) e Cáritas Diocesana.

 

Centro Social de Educação e Cultura Grajaú – São Paulo (SP)

Desenhar o corpo humano em papel kraft, colorindo e destacando as partes que podem ou não ser tocadas foi a atividade de sinalização promovida pela equipe da unidade junto aos adolescentes atendidos. A ação permitiu troca de experiências, conceitos de consentimentos e diálogos sobre como agir e procurar ajuda em situações de risco.

 

Centro de Cultura e Promoção Social Fé e Alegria Paraíba – João Pessoa (PB)

Crianças e adolescentes atendidos pela unidade paraibana promoveram uma abordagem informativa e educativa para os passageiros das estações de trem da região sobre os impactos do abuso sexual nessa fase da vida. Nomeada de “Rede nos Trilhos”, a atividade teve como propósito sensibilizar e convocar a comunidade para o combate do abuso sexual e foi feita em parceria com a rede de proteção dos direitos das crianças e adolescentes do município de João Pessoa.

 

Centro Social de Educação e Cultura Grande Vitória – Manaus (AM)

Para debater sobre prevenção contra o abuso sexual infantil e organizar as divulgações sobre o tema, a equipe do centro de Manaus recebeu a visita das irmãs Vera Lucia e Diana, representantes da Rede Um Grito Pela Vida do Amazonas, grupo religioso que atua no combate ao tráfico de pessoas. Para multiplicar o conhecimento e orientar crianças e adolescentes atendidos e suas famílias, na semana seguinte, os educandos criaram cartazes e textos sobre o dia 18 de maio.

 

Centro Social de Educação e Cultura São Luiz Gonzaga – Montes Claros (MG)

O Centro de Montes Claros realizou diversas atividades educativas, como capacitações para educadores sobre a Política Interna de Proteção aos Diretos da Criança e do Adolescente, elaborada pela Fundação Fé e Alegria e Rede Jesuíta de Educação Básica; dinâmicas, vídeos, rodas de conversa e contação de históricas voltados para crianças e adolescentes atendidos; apresentação cultural de dança durante a abertura de Audiência Pública na Câmara Municipal de Vereadores de Montes Claros e encontro socioeducativo com a presença de atendidos, famílias, comunidade e educadores, realizado em parceria com a Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES).

 

Fé e Alegria Pernambuco – Recife (PE)

Orientações para prevenir abusos sexuais foram a pauta da apresentação aos educandos da unidade recifense desenvolvida pela Comissão Permanente do Cuidado, iniciativa responsável por implementar a Política Interna de Proteção aos Direitos da Criança e do Adolescente composta pela Rede Jesuíta de Educação Básica e pela Fundação Fé e Alegria. Ao fim do encontro, os adolescentes se reuniram para expor cartazes e faixas no bairro com conteúdos sobre os direitos das crianças e adolescentes e canais de denúncias para conscientizar a população.

 

Centro Social Palmital – Santa Luzia (MG)

No dia 18 de maio, aconteceu o 1º Ato de Repúdio ao Abuso e Exploração Sexual de Infantil em Santa Luzia, evento que reuniu centros de Assistência Social do município, além da participação da coordenadora Cleunice Mota, representando Fé e Alegria. Na semana seguinte, a equipe do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e educadores do Programa Esporte, Lazer e Cultura na Comunidade (PELC) promoveram ações educativas sobre o tema aos atendidos da unidade.

 

Centro de Desenvolvimento Comunitário Vazantes– Aracoiaba (CE)

Como parte das mobilizações da campanha Faça Bonito, a unidade de Vazantes realizou palestras sobre a temática, preparou atividades lúdicas e rodas de conversa e, por fim, promoveu uma parada socioeducativa, com a participação de educandos e equipe, para sensibilizar a comunidade.

 

Programa de Acolhimento Institucional Viva a Vida – Vitória (ES)

Buscando refletir sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, as equipes de Acolhimento Institucional participaram de uma roda de conversa sobre o assunto, mediada pelo Conselho Tutelar do município.

 

Sobre a data

A data foi criada no ano 2000 e instituída pela Lei Federal 9.970/00, para relembrar o caso da menina Araceli, estuprada e assassinada brutalmente aos 8 anos, em 18 de maio em 1973. O crime, que permanece impune e sem solução, hoje é símbolo de uma grande luta de combate ao abuso infantojuvenil no país.

 

Para reforçar a mobilização, foi criada a Campanha ‘Faça Bonito’, realizada nacionalmente pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e Rede ECPAT Brasil, em parceria às Redes Nacionais de Defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

 

Proteger crianças e adolescentes é um dever de todos. Se você conhece meninos ou meninas vítimas de violência ou em situação de risco, denuncie pelo disque 100.

Assine a nossa Newsletter

©2022 Todos los derechos reservados
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com