Siga-nos:

Seleccionar País:


Fé e Alegria Frei Antonio

Iconos br 200x200 (3)
banner300x300-tocantinia

História

Tocantínia é um município tocantinense situado a cerca de 80 km da capital, Palmas, onde metade da população pertence à etnia indígena Xerente. Foi o primeiro local no País a tornar oficial o idioma Akwé Xerente – além, é claro, da língua portuguesa – e, de acordo com informações da Prefeitura Municipal, as reservas indígenas da região abrangem uma área de aproximadamente 180 mil hectares, nas quais vivem a comunidade Xerente.

 

Localizado no município desde 1957, o Colégio Frei Antônio apresentava sérias dificuldades de manutenção no ano de 2001. Nessa ocasião, o arcebispo de Palmas, Dom Alberto Taveira, apresentou a instituição para a Diretoria de Fé e Alegria em articulação com o pároco local da época, Pe. Luiz Grilo, e decidiram manter viva a memória dos fundadores da escola e de Fé e Alegria, Pe. Pereira Piagem e Pe. José María Vélaz, SJ, que tinham um sonho em comum: transformar uma comunidade a partir da educação e da promoção social.

 

Em fevereiro de 2002, foi assinado, oficialmente, o Termo de Convênio entre a Secretaria Estadual de Educação, a Associação Comunitária do Colégio Frei Antônio e a Fundação Fé e Alegria do Brasil. A partir dessa parceria, a escola passou a se chamar Centro Educacional Fé e Alegria Frei Antônio, mudou sua aparência e, principalmente, sua filosofia. Depois de inúmeras formações de educadores populares e rápidas reformas no prédio antigo, iniciou-se a construção de novas instalações. O novo espaço foi inaugurado em 2004 e oferecia Ensino Fundamental II, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

Fé e Alegria pôs em prática a integração de indígenas e não indígenas, fortalecendo os vínculos. A própria estrutura do prédio homenageou a comunidade indígena, o que facilitou boas relações com lideranças Xerentes. Essa proporção, inclusive, está refletida no corpo estudantil do Centro Educacional Fé e Alegria Frei Antônio.

Atendimento

288 crianças e adolescentes, entre 10 e 17 anos

Projetos desenvolvidos

Parcerias com Secretaria de Educação: 288

 

Meninas e Meninos Livres: 122

As parcerias com as Secretarias de Educação locais promovem projetos educacionais com atividades complementares, oferecidos no contraturno escolar, para garantir o acesso ao ensino de qualidade – direito fundamental previsto na Constituição.

O Projeto Meninas e Meninos Livres é uma das ações realizadas em conjunto com escolas públicas regionais, cujo objetivo é promover o pensamento crítico e a equidade de gênero e fornecer um espaço de escuta e formação para jovens e adolescentes. Além disso, a iniciativa introduz debates referentes à igualdade de gênero e reflete sobre os mais diversos tipos de violência contra a mulher, com o propósito de conscientizar e despertar mudanças mobilizadoras na sociedade local.

como sujeitos de direitos que são.

Galeria

Contato

Rua Teodomiro Carneiro, 50

Centro | Tocantínia/TO

CEP: 77640-000

+55 63 3367 1322

Contato

Rua Teodomiro Carneiro, 50

Centro | Tocantínia/TO

CEP: 77640-000

+55 63 3367 1322

©2022 Todos los derechos reservados
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com